A importância da segmentação e da diversificação caminharem lado a lado

Desde 2016, empenhando um grande esforço e ações estratégicas coordenadas pela CAF Facilities Management, nós, do GRUPO JPM, conseguimos de forma objetiva construir algo sólido no mercado de turismo esportivo, através do nosso braço neste segmento, batizado de TURISTA FC.

Naturalmente, experimentamos uma experiência totalmente diferente do que havíamos construído na JPM VIAGENS até então, quando sempre focamos na relação com o cliente, não nos preocupando muito com algum nicho específico.

Percebemos que a segmentação facilitou nossa comunicação com clientes chave, nos fez evoluir o nível de atendimento, nos deu maior notoriedade midiática, melhores posições nos sites de busca e principalmente nos fez entender que somente a criação e comercialização de experiências exclusivas poderia nos colocar no lugar de destaque que planejávamos.

Como já sabemos, em 2020 o mundo foi assolado pela pandemia, e o nosso mercado, como já tratado em artigos anteriores, foi um dos mais afetados.

Nestes novos tempos, aprendi na prática, que tão importante quanto escolher um segmento específico para “chamar de seu” e ser efetivamente um especialista, o bom e velho conceito de “colocar os ovos em cestos diferentes”, tão aclamado pelo mercado financeiro, vale e muito para a gestão de negócios em turismo.

Desenvolver clientes corporativos, em mercados que precisam de viagens para manter as suas operações rodando, está sendo de fundamental importância para manter os negócios ativos neste momento de crise aguda que vivemos.

Com o turismo de lazer ainda em baixa e o turismo esportivo praticamente nulo há mais de um ano, ter essa possibilidade permite continuarmos vivos e estruturando melhor a operação para a retomada do mercado, que certamente virá.

Segmentação sim, mas esquecer da diversificação jamais!

× Como posso te ajudar?